terça-feira

Excesso de Multas por Excesso de Velocidade, uma Dura Realidade, Compre Recursos

| | Deixe um comentário

          
Na atualidade, as multas aplicadas em rodovias paulistas pelo excesso de velocidade têm registro de crescimento de 35% em relação ao ano anterior. Isso é sinal da ocorrência significativa de imprudência, como também de um aumento da frota de veículos.
          
Por exemplo, há motorista que pisa fundo em sinal amarelo, para ter tempo de atravessar, e ainda aqueles que avançam em sinal vermelho. Outro exemplo é um trecho com velocidade máxima de 30 km/h e a pista permanecendo livre, um condutor então ultrapassa desse limite excedendo a marcação. Os próprios motoristas quando questionados sobre isso, confessam que para eles é difícil obedecer ao padrão de limite de velocidade.
           
O excesso de velocidade até 20% acima da rodovia ou trânsito rápido, ou ainda, 50% acima da via do trânsito local são infrações médias, o valor a pagar é R$ 86,13 e são equivalentes a quatro pontos na carteira de habilitação. Ainda transitar 50% acima da velocidade máxima permitida, acarreta valor em torno de R$ 574, e sete pontos na carteira de habilitação, já se trata de infração gravíssima.
          
 Esse acúmulo de autuações de diversos tipos, aliás, torna o trânsito no Brasil cada dia mais perigoso, infelizmente. Para Juliel Modesto, especialista em educação no trânsito, essa mudança na postura tem mais a ver com o cumprimento da lei e das normas.
          
Esse desrespeito para com as leis vem crescendo na proporção da frota no país. De acordo com o Detran, são mais de 22 milhões e 500 mil veículos que circulam dentro do estado de São Paulo; o número 1 milhão e meio se refere a mais que o registrado no ano anterior.
         
A ocorrência de multas também aumentou. Nas estradas paulistas houve registro de quase 2 milhões de autuações em excesso de velocidade. Em média o registro foi de 243 mil por mês, um número alarmante. A previsão, inclusive, é o ano terminar com número ainda maior, de 3 milhões e 100 mil, sendo 35 % superior do registro do ano passado. As infrações que ocorrem nas vias é excesso de velocidade, não guardar a distância de segurança do veículo da frente, dirigir com falta de respeito às leis, não usar o cinto de segurança, dentre tantas outras.
          
Na Rodovia Presidente Dutra, para conter o problema do excesso de velocidade, esta que é a ligação principal entre Rio de Janeiro e São Paulo, haverá aplicação, até o final do ano, de 30 radares a mais. Esse tipo de ação para alguns motoristas, realmente muda o quadro, as pessoas ficam mais cuidadosas, os abusos são evitados.
          
Para especialistas, aplicar multas se torna um instrumento eficaz para que haja mais segurança no trânsito brasileiro, sendo o Poder Público também responsável pela sua parte da ação educativa. E as próprias escolas têm o papel com as crianças e jovens para formar com responsabilidade os futuros motoristas.
          
Para o especialista em educação, Juliel, dentro da escola a questão é conscientizar a criança para o respeito à vida, os valores da cidadania, e não para as regras técnicas de multas. Afinal, a questão a tratar é totalmente ligada à postura, combinada com educação e responsabilidade.
          
Infelizmente, ano após ano, os números confirmam tantos acidentes pela imprudência, excesso de velocidade nas estradas e trechos urbanos também. São incidentes violentos, traumas e mortes tristes, que transformam as estradas e vias em muitos casos, em local hostil e de preocupação para os condutores.
            
Se todos imaginassem o trânsito brasileiro como um ambiente comum, e tivessem maior cautela com as leis a cumprir, com certeza respeitariam as regras, porque nas vias, se algo se torna perigo, na verdade, todas as pessoas estão recebendo a mesma influência, independente do tipo de erro. Logo, a importância da mudança de hábitos ruins e a necessidade também de educar os pequenos e jovens para o trânsito do país, relacionando a cidadania e o papel do cumprimento de todas as regras.


FONTE: http://www.youtube.com/watch?v=TrN3SwToRvg 

0 comentários:

Enviar um comentário