sábado

Veja as Dicas para Você Viajar de Carro com Segurança

| | Deixe um comentário



 Nos finais de semana, nos feriados ou mesmo em simples viagens, o primordial é sempre a segurança na viagem com o veículo. Afinal, o que mais importa, além do destino final, é que a viagem seja confortável e sem riscos para a família. Algumas instruções e dicas valem muito para os cuidados com o veículo e também para evitar gasto de tempo e dinheiro no meio do caminho.

Com a instrução do mecânico e professor do SENAI, Pedro Scopino, fica mais esclarecido o conjunto de ações para viajar com maior segurança. A primeira observação é em relação ao nível da água do reservatório, para o sistema de arrefecimento (refrigeração) do motor. Após verificar, quando abaixo do recomendado, complete de acordo com a marcação do nível ideal.

Não leve muita bagagem na sua viagem, o peso significa mais consumo de combustível e maior distância para a frenagem. No porta-malas organize deixando os volumes pesados abaixo, e evite deixar objetos soltos, os mesmos podem voar em manobras fortes ferindo pessoas. Verifique antes de partir a bateria, se a carga está correta, e em caso de perda de capacidade procure trocá-la.

Se estiver chovendo, na pista molhada a atenção é sempre redobrada. Não pise bruscamente no freio e ainda dirija com velocidade menor e motor mais cheio (giros mais altos). Cuidado com as poças, pois quando há chuva forte, é recomendado que se pare no primeiro posto e espere então a chuva diminuir. Em relação ao nível do fluido de freio no compartimento do motor, fique alerta, se faltar complete com produto de acordo com o manual do proprietário.

Observe também o limpador de pára-brisa jogando água no vidro e ligando o sistema. Se não há limpeza uniforme, as palhetas estão ressecadas ou com desgaste, logo atrapalham a visão do motorista, portanto faça a troca. Note também se o nível do óleo está completo, se necessário adicionar, o faça com produto adequado e nunca use o veículo com óleo vencido, isso causa danos ao motor. O extintor de incêndio do carro deve estar dentro do prazo de validade, se vencido rende multa e pode não funcionar, logo leia as instruções para maiores informações.

Os pneus devem estar em ótimo estado, faça a calibragem com a pressão recomendada no manual. O alinhamento e o balanceamento são indicados; ainda verifique as condições do triângulo, macaco e as chaves de roda. Os motores flex são ideais abastecidos com gasolina porque ela rende mais e o carro desempenha maior autonomia, ou seja, menos abastecimento, mesmo com custo maior; e ocorrendo menos interrupções chega-se mais rápido.

As lâmpadas são itens fundamentais, tanto do farol alto, baixo e de neblina, verifique todas. As luzes do freio e das setas de direção, os piscas, também. Uma dica interessante é fazer a regulagem do facho dos faróis, pois além de iluminar menos podem ofuscar a visão dos outros motoristas quando mal regulados. Quando há neblina é importante viajar com velocidade inferior e ainda acender faróis baixos, de neblina, e nunca o farol alto, este diminui a visão. Atente-se para as faixas no asfalto em efeito de referência, e só pare em acostamento se for urgente.

 Antes de partir cheque os documentos, se estão todos no veículo e em dia, todos eles, assim como RG e carteira de habilitação. No caso do seguro do carro, não se esqueça de levar o telefone anotado de emergência e confira a validade do mesmo. Se há transporte de crianças a cadeirinha é obrigatória ou os assentos infantis para menores de sete anos e meio. Os menores de 12 anos devem sentar no banco traseiro sempre.

 O horário de viagem com pico é o de final da tarde, começo da noite e ainda primeiros instantes da manhã, evite. Vale lembrar que em feriados os congestionamentos são presentes. A maior parte dos acidentes é causada por imprudência dos que dirigem. Lembre-se de respeitar as leis de trânsito e a sinalização, obedeça também os limites de velocidade das estradas, e mantenha distância segura do veículo da frente.

 Vale salientar que as refeições devem ser leves antes da estrada, pois comer muito e determinados alimentos pesados causam fadiga, sono e mal estar no motorista, e o mais importante, nunca ingira bebidas alcoólicas no volante. É recomendado que não pegue no volante com sono, se acontecer, pare no posto e tire uma breve soneca, pois uma bobagem de falta de atenção pode causar acidente grave. Quando estiver em família, torne a viagem divertida, pois fica menos cansativo para os pequenos, há opção de música, jogos eletrônicos infantis.

 Um exemplo triste para alertar, é que em 2011, em cinco rodovias estaduais que fazem ligamento da capital com a baixada cuiabana, houve registro de 537 acidentes com 61 vítimas. Por isso toda responsabilidade e cautela dos motoristas com a viagem são fundamentais para segurança de todas as pessoas nas estradas. É possível mudar a situação nas estradas brasileiras.

 O Comandante Adjunto do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário, Adnilson de Arruda, alerta para a total segurança nas estradas. Pede atenção inicialmente, com as condições do veículo, se estão adequadas para uma viagem segura e tranqüilo para a família. E ainda alerta para evitar a posterior notificação das infrações que a Polícia Militar tem a função de averiguar. Ele recomenda o uso dos faróis acesos em dia de chuva para melhor visão. E na estrada, ao cruzar com outro veículo, verificar se o mesmo está alto, pois esse farol alto causa muitos acidentes.

Enfim, com a vida não se brinca, principalmente nas estradas brasileiras, onde infelizmente, ocorrem muitos acidentes e mortes, situações que podem ser evitadas. Além do cuidado todo com o veículo antes de partir, a prudência e responsabilidade das pessoas com as normas do trânsito são essenciais para a segurança e uma viagem tranqüilo. Lembre-se que o trânsito é composto sempre em conjunto com outras pessoas, nunca estamos sozinhos, vale ter cautela com a própria vida e a dos outros também.

0 comentários:

Enviar um comentário