quinta-feira

OS RISCOS QUE O DROPSHIPPING OFERECE!

| | Deixe um comentário

Vender produtos da China na internet é uma modalidade cada vez mais comum e rentável. As pessoas reconhecem a qualidade dos produtos que vem de lá, e sabem que estão fazendo uma compra mais barata.

Uma forma de vender este tipo de produto é através do dropshipping, que pode vender em pouca ou muita quantidade.

Neste modelo de negócio você abre uma loja virtual e coloca no seu catálogo de vendas produtos de uma loja de internacional, e coloca o valor que desejar, o produto é enviado diretamente da loja de internacional e você não precisa fazer estoque, e ainda ganha comissão em cima dos produtos. Se desejar pode comprar e estocar em casa, sem problemas.

A maiorias das lojas internacionais já estão familiarizadas como o dropshipping e enviar seus produto em embalagens sem logotipos ou marcas, assim fica como se fosse a venda da sua loja virtual.

Quem optar por trabalhar com este tipo de negócio deve compreender quais são riscos para não se sentir prejudicado.

Entenda mais sobre a alfândega, o produto, clientes e fornecedor, a criação da loja virtual e como fazer o dropshipping de forma legal.



RISCOS DO DROPSHIPPING E A LEGALIZAÇÃO

O dropshipping deve ser encarado como uma atividade comercial para levantar um determinado valor e depois iniciar um outro modelo de negócio, ou seja, depois de um tempo, você pode passar a vender na sua loja virtual produtos melhores e de outros tipo fora do dropshipping.

Dependendo do ponto de vista o dropshipping é sim uma atividade legal, porém o primeiro problema que os futuros vendedores nesta modalidade podem ter é com relação a alfândega.

Todo produto que entra e sai do país precisa passar por ela. Dependendo do produto e do critério que ela usar, o produto pode nem chegar às mãos do cliente.

Quando a receita tributa o pacote, podem ser alegadas informações como produto não legal no Brasil, comércio ilegal, entre outras.

E assim a mercadoria fica retida na receita federal e para retirar, muitas vezes você precisa apresentar algumas documentações e pagar mais do que ela vale.

Este é o primeiro risco que um dropshipping sofre, o de ter a mercadoria retida. No caso de pedidos grandes é preciso sim pagar os impostos e isso é normal, no caso de pequenas quantidades os impostos são menores e em alguns casos nem existem.

É importante estar atento as regras da receita e verificar a melhor forma de fazer as compras sem pagar taxas abusivas. Isso pode assustar os dropshippers no começo, por isso antes de entrar neste negócio é preciso muita pesquisa.

Quando algum produto chega e não é tributado (isso acontece principalmente nos casos de pacotes menores e que não chamam atenção), isso é responsabilidade da receita.

E se chegar até a casa do cliente ou até a sua sem problemas ou taxas, é um produto legalizado e sem tributos.

Um passo importante que você deve tomar é sempre manter os clientes informados sobre o status dos seus produto, uma ótima maneira de fazer isso é utilizado o muambator, já falamos sobre no artigo Rastrear suas encomendas com o Muambator.

Outro coisa importante e saber identificar o que está acontecendo com o pacote para poder explicar para o cliente caso ele pergunte.


Neste artigo eu falo sobre Unidade de Tratamento Internacional onde você verá uma definição sobre o que acontece com o pacote desde o fornecedor até chegar na sua residência ou a de seu cliente.

RISCOS PARA OS CLIENTES E VENDEDOR

O pior medo de que trabalhar com dropship é: o cliente fazer a compra, você comprar o produto junto ao fornecedor e enviar e depois de uns dias o cliente cancelar a compra ficando o dropshiper  com o prejuízo.

Por conta disso, deve ser bem específico na hora de fazer as vendas no site pelo sistema dropshipping, procure deixar o cliente ciente de possíveis riscos de impostos de importação, para que você não saia no prejuízo.

Deixe claro que o produto é importado e está vindo diretamente de outro país, e esta importação está no nome dele e ele é o responsável pelos impostos.

Planeje uma boa política de relacionamento em seu site, como forma de deixar os consumidores avisados e evitar que eles e você tenham futuras dores de cabeça. Deixe claro também o prazo de entrega, que costuma ser de 30 a 60 dias para chegar até a casa do cliente.

Tente seguir as diretrizes do Código de Defesa do Consumidor. Se o site perder credibilidade e começar a ter muitos problemas, você corre o risco até de ter que fechar.

Deixe claro na sua loja virtual a existência ou não de regras de troca no caso de produto danificado, e como pode ser feita a troca. Neste caso o mais provável é a devolução de dinheiro.

Os fornecedores neste modelo de negócio dropshipping são os únicos que não tem dor de cabeça, eles precisam apenas enviar o produto após receber o pagamento.

As empresas de dropshipping estão em um país com leis diferentes da nossa, e seus canais de comunicação são em chinês ou no máximo inglês, o que dificulta a comunicação.

Por isso, reclamar com o fornecedor não adianta de praticamente nada. Quem está fazendo a venda por dropshipping é que precisa tomar cuidado e conhecimento dos riscos.

Por isso na hora da contração é importante escolher a melhor empresa para o dropshipping, e assim evitar futuras dores de cabeça .

Dica tenha produtos a pronta entrega, ou seja, enviar para o seu endereço e deixar em estoque antes de enviar para o cliente.

Verifique também se o fornecedor de dropshipping possui serviços de entregas rápidas e qual o valor.

Isso pode ajudar a evitar transtornos e não prejudica sua loja virtual.

Os fornecedores de melhor reputação você pode encontrar aqui fornecedores.





E-COMMERCE E DROPSHIPPING

A melhor forma de vender seus produtos de dropshipping é abrindo sua própria loja virtual, e não utilizando sites de venda como o Mercado Livre e Toda oferta.

O e-commerce é como são chamadas também as lojas virtuais, para abrir uma é preciso ter um domínio (endereço eletrônico), hospedagem e um site com um bom layout e funcionamento.

O empreendedor deve abrir com um CNPJ para garantir que não existam cópias da loja, e saber fazer uma boa divulgação e marketing.

Utilizando este tipo de loja é possível fazer um estoque dos produtos de dropshipping se desejar.

É possível fazer vendas pequenas também com o dropshipping, perfeito para quem está começando neste ramo. Sempre que possuir um negócio seja no modelo dropshipping ou não, é importante planejar bem antes de abrir, verificar todos os produtos que irá vender, qual o melhor fornecedor dropshipping do mercado, e como abrir e ter a melhor loja da internet.

Cada vez mais os consumidores vêm fazendo as suas compras na internet devido ao conforto, praticidade e muitas vezes o preço que é menor. Para que estes consumidores continuem fazendo suas compras em lojas virtuais precisa manter os seus compromissos e continuar oferecendo o melhor.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Um bom planejamento pode ser a melhor maneira de ter sucesso com seu negócio. Não vai desistir nos primeiros obstáculos o sucesso vem com a experiência.

Com o passar do tempo conhecerá os produtos com mais vendas e os fornecedores mais indicados, e poderá até em pesar na importação de grande porte disponibilizando produtos a pronta entrega. Espero ter ajudado até o próximo artigo!


Clique Aqui

0 comentários:

Enviar um comentário